terça-feira, 31 de julho de 2007

Vocês Já leram o PUA da Netcabo??

PUA Netcabo - Politica de Utilização Aceitável

Observem esta parte:

“Quando se verifique que os Clientes com Produtos Netcabo com tráfego ilimitado excederam um nível de utilização razoável, a TV Cabo reserva-se o direito de informar os Clientes desse facto. 5.4. Para além de informar os Clientes que excederam um nível de utilização razoável, e a par da referida comunicação, a TV Cabo poderá:(i) Proceder à cobrança dos consumos adicionais relativamente ao nível de utilização aceitável, de acordo com o preçário TV Cabo em vigor;”

AHAHAHAHAH!!!

Devem estar a gozar!
Então nós pagamos a mais para ter direito a tráfego ilimitado e a Netcabo pode a qualquer momento decidir que nos vai cobrar esse tráfego se lhe apetecer achar que estamos a usar demasiado??? ISSO CHAMA-SE ILEGALIDADE COMERCIAL MEUS SENHORES!
Só posso rir mesmo.. ao ridículo a que chegamos! O ridículo da situação é absurdo!

Este PUA veio a ser a cereja em cima do bolo! Nos últimos dias a minha velocidade estão tão má, mas tão má que nem o Google abre bem á primeira ou segunda tentativa! Pensei em dar-vos o desconto e esperar, mas pelos vistos acho que está na altura de trocar o péssimo serviço (e com condições ridículas) que vocês oferecem e passar para uma empresa que no mínimo seja coerente ou honesta no serviço que se propõe a prestar-me!

-

Coloquei este post no forum deles, quero ver a resposta que me darão ou se mo deixam publicar o topico mesmo! É ridiculo! Podia chamar-lhes tantos nomes e dizer-vos tanta coisa mas já nem paciencia para esta merda tenho!!! Este PUA é uma PUTA da PT que em anos de ilegalidades ficou agora com medo de ir dentro em cana ou ficar com os servidores confiscados pela asae e PJ, por isso.. vai de se tentar defender a correr!

CRESÇAM!!!!

quarta-feira, 25 de julho de 2007

sábado, 21 de julho de 2007

Eu e a minha rotina

Vou-vos explicar a minha rotina para que entendam que não ando maluca, ando só fodida. E não quer dizer que não goste ou me farte da rotina. Eu preciso da rotina, preciso daquela sensação de certeza e conformidade que me garanta que no percurso laboral e na própria função, tudo corre de acordo com o que deve acontecer e assim não apanho sustos ou surpresas. (ninguém quer sustos ou surpresas com transportes ou com a fonte de dinheiro, eu pelo menos não)

Eu acordo às 8h.
Às 8h15 já tomei banho e estou a começar a fazer o pequeno-almoço, que acabo de comer às 8h30.
Até às 9h20 vou inventando o que ver ou fazer em casa antes de me ir preparar e vestir para sair de casa às 10h15 (muitas vezes fico simplesmente aninhada no sofá a relaxar ou a acabar de matar o sono que sinto)
Chego a Lisboa e começo a trabalhar às 12h.
Às 16h e pouco (isto varia consoante a minha vontade) faço um intervalo de 30 minutos para comer qualquer coisa e às 18h saio para voltar para casa.
Lá faço a correria de metro para comboio, comboio para autocarro e autocarro para casa.
Às 19h30 (ou mais coisa menos coisa) estou em casa.
Relaxo, arrumo, cozinho (ou não), vejo mails (são os 15 minutos/30 minutos que dou para sentar o rabo no PC e cansar-me dele – o tempo que perco ao PC no trabalho já me satura), vejo TV.. descanso.
Á meia-noite vou nanar e pronto.

Esta é a minha rotina de segunda a sexta.
Sexta-feira (ontem) muda.
Quando chego a casa não me deito às 00h, mas sim quando termino de limpar a casa, ou então durmo umas 4h e acordo para limpar a casa e durante o sábado (como hoje) durmo algum tempo durante a tarde.

Por isso, neste momento, estou com 2horas de sono feitas e a casa limpa. A máquina a lavar o que resta da roupa e quando acabar de escrever a ultima palavra e colocar online o texto, vou tratar do almoço e comer. Devo ir ver o zoodiac esta tarde (o filme) e pronto.

Não me procurem no MSN. Não estou lá. E se estiver o mais normal é não responder. Muitas vezes não é por maldade ou desprezo, é cansaço ou esquecimento dele ligado aqui e eu longe dele a fazer outras coisas. Eu não uso som ligado, então não ouço quando alguém fala comigo, e quando a minha Net falha, mtas vezes ele liga sozinho e eu nem noto.

E pronto.. esta é a minha última palavra, e fui…
PS: Amanhã não faço post que é para vocês não se ficarem a rir! TOMA TOMA!

sexta-feira, 20 de julho de 2007

A vida é dos normais

E desde quando tenho que ser normal????
Qualquer dia desato ás dentadas a toda a gente que vir na rua!

Ai vocês provocam????

Eu digo-te o Olé! Levas uma marrada que ficas coxo!!

Já uma tipa não pode chegar a casa cansada da semana e dos chatos, sentar-se ao pc e ainda tem que ler estes desaforos!! Não há justiça! Se houvesse, eu era rica e tu ias-me trazer o jantar ao invés de eu ter que o ir inventar!

Sim. Porque cozinhar para quem esta cansada é um pleno acto de sorte e invenção. Ainda não sei como não fui parar ao hospital com uma intoxicação alimentar ou uma valente caganeira! Ah pois! Querem que eu escreva? Eu escrevo! Caganeira!!!! Não que a tenha, mas é uma daquelas palavras “chocantes” que toda a gente ouve (ou lê) e fica logo horrrrrrrorrrrrrizada com o escândalo! Essas pessoas não cagam obviamente!

Tou cansada e tou fodida!
Tou cansada porque trabalho no Campo Grande e moro em Cascais (façam lá as contas á distancia vááá…) e estou fodida porque tal como previ (e só não acerto na puta do euro – porque também não jogo claro): o período chegou e eu que me aguente.

Ando chata. Ando chateada. Ando com desejos de coisas salgadas e com sabor a chocolate e pronto! Doem-me os ovários e quem me chatear, leva com um ovário na tromba que lhe reordeno a cara todinha de graça! Aproveitem que hoje em dia poucas coisas são de graça! Olha só a graça da coisa…

Falem comigo daqui a 3 dias que ai já estarei novamente recomposta! Até lá, posso ir de “doçura-meiguinha-sentimental-lagrimazinha-no-olho” para “vaca-cruel-com-alucinações-e-sessões-intensas-de-histerismo-e-ruindade-pura” no espaço de 2 segundos! Considerem-me um abião da TAP sem condutor e com má pontaria! Sim. Abião! Porquê? Não possso???? Se eu quero escrebo abião e não tenho que ser murcona para o fazer! E faço! E olha eu a repetir: A B I Ã O!

E vou comer qualquer coisa que já tou com fome pah!

PS: Toma que é para aprenderem a não pedirem posts! E este fim de semana ainda faço pior!!!

quinta-feira, 19 de julho de 2007

Anúncio de Ultima Hora (ás 8:20 da manhã claro)

Devido a comentários de pessoas chatas e convencidas, em conjunção com o meu mau feitio e personalidade cativante, vou deixar de postar.

(HIHIHIHIHIHIHIHIHIH)

(Façam lá quá quá agora :Þ)

quarta-feira, 18 de julho de 2007

Ahhhh!

Livros feiras e pancadas = eu

Olha olha.. “ter-me de volta”… esta minha mammy deve andar tonta! E aonde é que eu me tinha ido embora oh loira?? Ai ai ai!!! Vai mas é pagar o texto que me deves que estás a acumular um prejuízo só em juros.. ui ui…

Mas aonde é que eu ia mesmo..
Ah pois. Feiras do livro. Hoje fiquei a pensar na ida e vinda para o trabalho (deus sabe que tenho mais do que tenho suficiente para queimar os neurónios no meio do gado). Eu adoro feiras do livro. Eu sei. Vocês já sabem. Toda a gente sabe disso. Mas alguém sabe o porquê? Ah pois é… E querem saber? Curiosos!!! Tá bom. Eu digo.

Não é apenas pelo factor monetário (eu sei que sou uma caça pexinxas literárias e um tio patinhas no que toca a pagar por elas), que dá um jeitão imenso para quem tem um amor tão profundo como eu por livros e um bolso tão roto como eu também.. pois.. Nem é pelo factor da idade, porque em feiras dos livros nem sempre achamos livros usados e em mau estado. Já encontrei e encontro muitos livros novos que pertenceram a edições que não se venderam, e mesmo os usados estão muitas vezes em belíssimo estado. Quem ama livros não os maltrata. Não considero algumas anotações ou sublinhados como um ataque a um livro (quando feitos sem ser com abuso claro), mas sim uma forma de lhes dar ainda mais carácter e vida. Os livros usados são os registos do tempo e da passagem de vida das mãos e olhos que os inundaram. Ai que bem que isto agora saiu…

Não. Tudo o que disse ajuda á minha paixão, mas a razão primaria descobri-a hoje.

Ir a feiras do livro faz-me sair da minha zona de conforto. É uma aventura! Eu vagueio por aquelas bancas, deslizo o dedo por títulos que me são estranhos, por autores que nem nunca ouvi falar, por capaz feias, bonitas, coloridas, antigas, novas, esquisitas.. tudo! E deixo-me guiar pela musica que sai de todos aqueles livros. A sério. Não queiram vir comigo a uma feira do livro. Sou impossível! Ando de um lado para o outro, sou capaz de perder 10 minutos em cada barraca a ler títulos, folhear livros e muitas vezes nem um compro, ou memorizo um titulo e continuo a ronda pelas restantes barracas.

Ah pois. Isto tem que ter arte!! Ainda nesta feira em cascais encontrei o mesmo livro em duas barracas, com dois preços diferentes!!! Olha aqui a esperta a poupar 3 euritos!!! Sou tão forreta, mas somos o que podemos não é.. Nas feiras dos livros recuso-me a pagar mais do que 8 ou 10 euros por um livro! E isso já são valores absurdos para mim! Compro sempre a 2€, 3€, 4€, 5€, 7€ e por ai adiante.. Vasculho, leio, absorvo, observo e atiro-me de cabeça. Ás vezes suicido-me num livro mais caro, mas paixões não teem sempre a mesma intensidade não é?

Nunca iria e nem sou capaz de ir a uma livraria vaguear por títulos e livros que nunca vi como faço nas feiras. Quando entro numa livraria já levo a lição estudada, e posso olhar, mas dificilmente compro. Porquê? Porque não nasci rica e sei que na próxima feira do livro encontro aquelas mesmas pérolas a um preço que não me faça um buraco no bolso.

E encontro cada autor mais esquisito que se torna um companheiro e amigo de manhãs e tardes incrível!!! Notei hoje também que os livros mais apaixonantes que encontrei nas feiras pertencem a autores espanhóis! Autoras melhor dizendo. E eu que nem tenho grande afecto ou estima por eles.. até me sinto mal, mas é assim mesmo. O que estou a ler neste momento é de uma autora espanhola e é um show! “Amor duvidas curiosidade e prozac”. Admito. Apaixonei-me pelo titulo!!

Ah, adoro comprar livros pornográficos ou mais picantes e envergonhar o Tó quando ele está comigo! AHAHAHAHAH!! Os prazeres que tiro de uma feira do livro! Nem vocês sabem.. a sério! Podia viver só com água, fruta, ar e livros! Mandem o resto pó caralho que não me faz falta!

E pronto.. acho que disse o que tinha pensando em dizer. Agora vou estender a roupa que a lida da casa não se faz sozinha. O Tó bem ajuda, mas ele também anda cansado. Affff… porque raio não nasci rica?

Ainda hoje é Quarta... CREDU!

Merda!

O período deve estar para vir. Já estou uma chorona por tudo e por nada! Detesto isto! Nunca quis ser homem, mas queria ser uma mulher fértil sem ter as mudanças e inconveniências do período!

Merda!

Como disse o João Pereira Coutinho (pesquisem pesquisem):” Quem disse que os livros não salvam a vida a ninguém? Conta-lhes Luis!” Conta-lhes Coutinho!

A mim salvam, ó se salvam! Salvam-me de multidões chatas e entediantes! Salvam-me de temporadas de solidão!

Amo livros!
O Tó deu-me o prazer e presente de irmos a feira do livro de cascais (ali naquele largo á frente da loja Cenoura, perto da baia.. vocês sabem onde.. ). Comprei ainda algumas pexinxas, sai feliz, não totalmente com a fome satisfeita, mas feliz. Desde que tinha ficado desempregada que não tinha ido a nenhuma feira. Pode-se dizer que andei a ressacar durante quase um ano.

Preparem-se meus amores! Voltei!!! (ainda contida, porque a feira mesmo baratuxa é a da Baixa Chiado/Restauradores. Aiiii até me babo)

PS: Falta muito para a puta da sexta chegar? Afffffff!!!!!

domingo, 15 de julho de 2007

Sábado, ou seja, ontem...

Fomos ontem junto com os meus pais passar o dia a barragem de povoas e meadas, que fica ali na planície alentejana, perto de castelo de vide. Já conhecia bem a zona, muitos dias de acampamento na minha adolescência, e os meus pais tinham lá uma roulotte inclusive, que estão a querer vender agora.

Não fazia tenções de ir a agua, então não levei fato de banho. Fui a agua na mesma. Foi giro e embaraçante. Estarmos deitados com a roupa do corpo colada, transparente e molhada é embaraçante, mas mergulhar e tentar não perder as calças que nos escorregam é a parte gira. E com o calor que estava, a água no corpo era extremamente necessária.

Não sei como é que os alentejanos se aguentam. MEU DEUS QUE CALOR!! Se lá vivesse, tinha que andar com um ar condicionado comigo quando andasse na rua, senão não aguentava. O que compensa o calor são os gelados de maquina que eles teem. Vocês não imaginam! Estão a ver os gelados do Santini em Cascais? São iguais, mas metade do preço claro! São aquele tipo de gelados que eu lembro-me que haviam carrinhas que vinham aos bairros e tinham uma musica e resumindo… divinais!

Ah, os preços! No Alentejo é tudo mais barato! A comida é mais barata, as roupas são mais baratas e até as lojas dos chineses (ex-lojas dos 300) teem preços mais baratos. Digamos que comprei bastantes coisas, muito boas, algumas que nem aqui encontro, e todas elas mais baratas. Comprei inclusive dois anéis com um banho de ouro (obvio que sei que não são ouro, mas eu não ligo a essas merdas), com uma pedra (que é vidro, e que sa foda) no meio, como se fosse um bom e velho caríssimo solitário… comprei dois por 6 euros (o meu pai é óptimo a regatear os preços). Adoro-os! São giros e eu gosto e são meus!

Qualquer dia coloco aqui as fotos deles. Deles e do meu vestido cor-de-rosa com a Hello Kitty! Ah pois é! O António diz que é giro e eu também gosto muito dele e é rosaaaaaaaaa! Acho que devo estar a ficar doente ou daltónica, mas que é confortável e fresquinho, é.

Resumindo, na vinda para cá, paramos em Porto Alto (Desculpa não ter ai ido São, mas já sabes… ia com os meus pais.. o meu pai que sabe que eu ai tenho uma amiga, até sugeriu eu ai ir.. mas opa.. não sei… pensei que ficasse mal.. depois me dirás tu tá?) e para além de umas comprinhas de fruta, fomos á Sopa da Pedra que estava fechada, por isso para mim foi mesmo Bacalhau á natas e tá a andar.

Chegando a casa, nem vontade para mais nada havia, que já era meia-noite e eu tinha apenas dormido 2 horas na noite anterior. Foi deitar na cama, apagar geral e acordar hoje. Por isso. Bom dia a todos

PS: Há festas em Porto Alto entre o dia 19 e 22 de Julho. Passem por lá e encham a minha mammy de beijos se faz favor, que para ingrata basto eu.

sexta-feira, 13 de julho de 2007

Impotencia...

Podia fazer este post sobre mil e umas coisas. Mas andei a colocar a visão dos mails em dias e achei este com este vídeo. Eu não aguentei ver ate ao fim e estou agora aqui com o estômago virado ao contrário, com a minha mente e coração em fúria. A fúria que nasce com a visão da injustiça, da pura crueldade e nojo humano!

Somos uma raça maldita e neste momento tenho um sentimento de raiva e ódio que tolda tudo o resto. Se alguém for corajoso, se prepare. E se sentirem o mesmo que eu, não vejam até ao fim ou se aguentarem, os meus parabéns, são mais fortes que eu.

Vídeo: http://rapidshare.com/files/42753586/china_dog_cat_fur_med2.wmv.html

terça-feira, 10 de julho de 2007

Primeira pirosice dos 24

Esta sou eu. Lá com 3 anos ou 2 ou coisa que me valha.
Pois é... ser bebé tem estes privilégios! Posso colocar fotos pirosas e ninguém me pode dizer nada! Tenho que aproveitar ora essa...

Ai e tal, hoje é dia 10 de Julho de 2007.. ah pois é....

São 03:55. Acordei porque ali o Tó foi sair para trabalhar. Eu não vou. Ah pois é. Há que ter alguma vantagem em trocar uma terça por um sábado não é?

Eu nasci ás 3:20, por isso já nasci.

Pois é!!
Tenho oficialmente 24 anos.

Ohhhh 24 anos dirão vocês… ninguém tem 24 anos e bla bla bla.. As dissertações que eu poderia (mas não irei fazer descansem) sobre ter e sentir ter 24 anos. Caguei. Não vou dizer nada.

Mas digo-vos o que vou fazer. Vou voltar para a cama e amanhã, cedinho cedinho, vou começar o MMMMMMMMEEEEEEEUUUUUUUUUUUUU dia que em principio irá ser um dia normal e sem nada de diferente ou especial (não planeio nada, nem almoço ou jantar ou bolo e tal), vou começar o meu dia na praia!

Oh mar salgado, quanto do teu sal estará daqui a umas horas na minha cara recém-nascida (ou não)? ;)

Vou já de antemão avisar que aceito tudo de todos, menos que me babem as bochechas e as puxem a dizer “aii que bebé tão lindo”. Ah, e Obrigada :) té logo

sábado, 7 de julho de 2007

Menina São, eu sei que hj é o seu dia mas...

Isso é batota!

Não sei aonde é que vive a menina mas em Portugal as coisas não se fazem assim!
Tá prometido, tá devido! E é já! Não é cá para a semana que vem ou no ano mais próximo!

Deves pensar que és politica em campanha ou lá o quê…

A tua sorte é que eu te adoro e tu hoje és bebé : )
Um bebé windaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, chataaaaaaaaaaaaaaa e parva que eu amo : )

Meu amor, que tenhas um dia belo, cheio de alegrias. Que esta passagem de mais um ano para ti te traga toda a renovação necessária para lidar com o mundo neste momento. Que seja mais uma etapa de triunfos e paz.

Não vou estar contigo. Sou como tu, chata e parva : ) mas a distancia que fisicamente nos separa não é nada comparada com o carinho e emoção que espiritualmente nos une.

Muitos parabéns meu anjinho : )

PS: Quero a minha surpresa já ou parto essa méda toda pah!! :Þ

quinta-feira, 5 de julho de 2007

Mais um dia.. menos um dia.

Hoje foi mais um dia.

Chego a casa e ele finge dormir ou faz de propósito para dormir enquanto eu estou em casa, porque noto perfeitamente que esteve a jogar naquele odioso site, por isso ele escolhe apagar quando sabe que eu chego. Sei que quando for dormir, irá ele acordar e jogar mais. Ele vive a vida dele e eu vivo a minha rotina que não considero de vida. São os tempos de agora, será o começo do fim?

Recebo no trabalho mais carinho, palavra que para mim reúne uma emoção de respeito e simpatia, do que recebo dele. Trabalho hoje com algumas pessoas com quem trabalhei no meu primeiro emprego, em 2001 e sinto-me bem. Conheço o assunto, vou dominando de novo a matéria e hoje até o chefe disse (chefe esse que foi meu colega naqueles tempos) “sabia que não me irias desiludir”. Estas palavras sabem tão bem ouvir. Fazem-me sentir, a mim e a qualquer pessoa que as ouça, uma sensação de reconhecimento, respeito e estima. O ser humano precisa disso. E tem que ser o meu chefe a dize-las, porque não as ouço em casa.

O horóscopo do Tó ontem dizia que devia de apoiar, motivar a acarinhar a sua cara metade nesta nova etapa. Ele não lê horóscopos. Deve ser por isso que eu aqui estou, sozinha a escrever, enquanto ele finge ou escolhe dormir no sofá atrás de mim.

É esta a minha vida agora. Não tenhas pena nem dó de mim.
Cada qual deita-se na cama que fez e aceita deitar-se.

Update da minha vida.. perto do meu d'D

Sinto-me cansada, confusa, sozinha e esgotada.

Já arranjei emprego. Não interessa aonde ou a fazer o quê.
Continuo a demorar 1h30 mais ao menos a ir e o mesmo novamente a vir.
Os horários são diferentes dos do Tó por isso quando saio ele ainda esta no work. Quando chego ele esta a dormir ou no PC a jogar, e quando vou pa cama ele fica no PC a jogar ou diz não ter sono e pronto…

Dai sentir-me sozinha.
E ainda esta é a primeira semana.
Daqui a dois dias faz anos a minha linda e eu, infelizmente, faço para a semana.
Tinha pedido para me darem folga nesse dia (porque as folgas são rotativas), mas ainda não me confirmaram. Mas depois desta semana toda a andar e estar sozinha, tanto me faz. Secalhar até prefiro estar a trabalhar. Ao menos não estarei tão sozinha quanto agora.

Um beijo e bom verão
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...