domingo, 22 de novembro de 2015

Reflexões...


Quando comecei este blog, fi-lo como um escape criativo e emocional de mim mesma e da realidade que era a minha vida. Comecei em 2003 onde ser blogger não era "algo" e muito menos algo associado a "lucro" ou "profissão" , "glamour". Por isso ainda me complica um pouco mentalmente quando alguém olha ou lida com o facto de eu ser, ou melhor, ter um blog, como sendo algo de glamouroso ou chique!

O meu blog é a extensão silenciosa e limitada da minha personalidade. É um pedaço puro e cru daquilo que sinto que deve ser registado e quero que assim fique. É a casa aonde mora o meu génio (não o inteligente e fantástico apenas :p o maléfico e impossível também) e aonde liberto aquilo que preciso e quero.


Durante muitos anos era o único local aonde podia chorar e gritar. Silenciada na vida real, o virtual era a minha janela aberta para um palco invisível e anónimo.

Sinto falta desse anonimato. Mas ao mesmo tempo admito que, para mim, largar esse anonimato não foi um trauma ou problema. Foi uma evolução. A minha existência cibernética tem mais camadas e anéis do que um carvalho antigo. Passei por diversas fases e essas fases suportaram a minha personalidade e digo ainda mais, moldaram-na tanto quando as minhas vitorias ou derrotas na vida real.

Conheci pessoas incríveis que de outra forma nunca conseguira te-lo feito.
E conheci níveis de crueldade e destruição mental e emocional que nunca pensei existirem fora das paginas de um thriller psicológico.

Tanto de bom, tanto de mau... lamento nada!
O real, o virtual.. nesta Era que vivemos hoje, é um universo com uma linha de separação muito ténue e frágil. Dai que tanta gente sofra num e abdique do outro em detrimento de uma felicidade que nem sempre é real... é só temporal.

E tudo isto para quê?
Para nada!

Apeteceu-me. E como disse, isto, este blog, este texto, este recanto virtual, é meu. 


É uma janela aonde partilho o que consigo, posso e quero. Faço-o sem intuito ou malicia para com quem seja. Pelo contrario. Tento sempre ser o mais construtiva e positiva. Seja para comigo mesma, seja para quem me lê. E como já disse várias vezes... se alguém ao ler algo se conseguir sentir melhor, então considero-me abençoada e feliz por o ter escrito e pelo real prazer de alguém o ter lido.

Obrigada por estares ai. 
É por isto que estou aqui. 

     

4 comentários:

  1. Olá minha linda.
    Compreendo bem o que dizes e identifico-me bastante com as tuas ideias e sentimentos.
    De mim, para ti... UM BEIJO ENORME!!

    Marisa

    ResponderEliminar
  2. é importante que sigas esse caminho naquele que é o teu blog

    ResponderEliminar
  3. Um blog é uma extensão e reflexo da pessoa.

    ResponderEliminar

Obrigada :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...