domingo, 4 de dezembro de 2016

Mega Passatempo de Festas 2016

Como já era de esperar, o mês que tanto arrepia a espinha a uns com boas memórias e emoções, como faz o oposto a outros, chegou.

É Dezembro. Sim. “és berdade”. Se a chuva, o frio e o consumismo acerbado nas lojas não vos deu a dica, pensem no extremo gasto com as já velhas decorações de rua com luzinhas e símbolos natalícios a gritarem “É Natal!!”.
Vá, nem tudo pode ser mau: a malta come mais doces do que desejaria ser possível de o fazer e há sempre aquelas almas mais ingratas que se tornam nobres apenas pela sombra da época.

E assim sendo, com Dezembro chega sempre o nosso Mega Passatempo de Festas 2016!


Já sabem que enquadro este passatempo deste Dezembro e até depois do dia de Reis. Junta-se tudo num mesmo envelope e poupa-se uma fortuna em selos. Depois rezamos (todos os anos) para que seja sempre melhor, mais simples e mais reconfortante.


Este ano pode não ser tão recheado a nível de números, mas é sempre recheado a nível de sentimento genuíno, como tal e porque estão fartos de me ouvir falar, seguem as regras para quem quiser participar! (ora porra que agora até já rimo 😉)

Primeiro, o mais importante,,,, OS PRÉMIOS!













E desta vez vamos ter um prémio surpresa, que serei eu e apenas eu a dar e que não será aleatório!
Irei oferecer um cabaz, o qual apenas colocarei a foto no dia 25 de Dezembro, de forma a distinguir já quem é honesto e quem é ganancioso. 

Para ganhar este cabaz só precisas de ser activo. 
De participar e participar e partilhar e partilhar!

Para além de deixarem os links das partilhas no rafflecopter, se partilharem em mais redes sociais ou colocarem posts ou partilhas adicionas diárias, deixem em forma de comentário neste post e eu contabilizarei! O vencedor deste prémio poderá ainda ser depois escolhido aleatoriamente pelo rafflecopter para um dos outros prémios!

Gostava muito de fazer muita gente feliz e ao mesmo tempo ficar igualmente feliz vendo ali aquele numero de seguidores chegar aos 1000 e no facebook chegarmos mais perto dos 3000. 
Ajudam-me?



E pronto. Agora basta participarem e virem a ser um dos vencedores sortudos.
Seguem as regras abaixo.. 
(fazem directamente no aplicativo rafflecopter que está no fim deste texto) :


REGRAS:
Obrigatórias:





Pontos opcionais (aonde conseguem acumular pontos):


E agora toca a preencher todos os dados no formulário abaixo e lembrem-se, quantas mais partilhas fizerem, mais pontos acumulam e mais oportunidades tem de ser um dos vencedores : )




  • Começa dia 4 de Dezembro
  • Termina dia 7 de Janeiro
  • Os vencedores serão sorteados nas 48h seguintes e contactados através do email/facebook que deixarem e terão 48h para fornecer os dados para o envio (que será providenciado directamente pelos parceiros), caso contrário novo sorteio será feito pelos prémios não reclamados pelos respectivos vencedores.
  • Envios Nacionais apenas.
  • Todos os prémios serão distribuídos pela ordem em que coloquei os parceiros que é alfabética, e os vencedores serão retirados pela ordem que o rafflecopter os for seleccionando. Tudo aleatório!
  • O vencedor do Cabaz Surpresa será apurado com maior detalhe e como tal poderá demorar mais do que as 48h iniciais. Depende de quantas entradas inválidas e batotas ocorrerem...
  • Cada parceiro fará o envio por CTT para a morada indicada, não se responsabilizando por extravios causados por moradas incorrectas ou ausência de levantamento/recepção da encomenda.
  • Apenas 1 prémio por vencedor e apenas 1 vencedor por morada, por isso esqueçam as multicontas.


Boa sorte a todos! :)


   

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Consciencialização de final de ano: reconhecer e agir!

Acho que devia deixar isto registado. Seja porque não sou de deixar coisas entaladas, mal entendidas ou pelo simples motivo de auto responsabilização, para garantir (como sempre foi o motivo de ter um blogue) e impedir me de negar, fugir ou esquecer o meu eu passado e as suas acções e emoções perante o meu eu futuro.

Estive ausente e descobri que a vida não espera por ninguém e que muitas as vezes a soberba sobrepõem-se à generosidade. Trocando por miúdos, eu não mudei e se me ausentei foi por motivos pessoais e que se já me conhecem minimamente saberão que necessitariam de ser valentes motivos para o ter feito feito. Estamos a falar da teimosa que carregou um portátil para todas as diálises mesmo sabendo que passava mal e pouco uso lhe dava.

Repito, não sou de falhar. Se há pessoa que me raxa ao meio quando falho, sou eu!! Por isso para eu desaparecer, é porque foi necessário e honestamente, não sei até que ponto é que não será ainda necessário.. Mas siga.

Dito isto, descobri que tenho onde confiar e descobri onde destralhar. Sabem que faço destralhes físicos e virtuais de pessoas e artigos. Pois aprendi a fazê-los de igual forma a nível profissional - semi profissional porque este blogue não me paga nada, e isto fica como directa a quem acha que ser bloger dá dinheiro (se calhar dá ás chiques que nem são elas mesmas a gerir os conteúdos que surgem, mas eu sou eu e eu apenas, lamento).

Concluo: obrigada a quem está desse lado sem nenhum lucro a permitir-me ser eu mesma e ajudando com a simples névoa da sua presença, vale mais do que imaginam e é por vocês, e apenas vocês que faço passatempos com a ajuda da generosidade dos parceiros que mo permitem e gentilmente confiam em mim e no meu trabalho. De outra forma, não os faria. 

Por isso e, como tem sido todos os anos, vamos ter Mega Passatempo de Festas de fim de ano com a generosidade de quem existe e fica!

Fecharemos 2016 com um pequeno destralhe :)
Começasse o ano com casa limpa!

   

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Pensamentos fragmentados - sent'i'mentos

Recantos há que uma mente fragmentada apenas visita quando em muito sofrimento. 
Seja desistir, seja lutar, seja odiar.  

Só chegamos a algo após muito sofrimento muita mágoa e muita desilusão.


Há sonos que não chegam e quando tardam, mas não falham, chegam em formato de pesadelos. 
A forma registada de uma mente, um coração, já desfeito e pisado.

Culpados somos só nós que permitimos entrar quem não tem qualquer interesse ou vontade em cuidar, apenas desprezar e ver morrer.

Nada resiste e sobrevive se não for protegido e acarinhado. 
      

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Pensamentos fragmentados

A minha mente é uma caixa compartimentada.  

Tem uma área para os sentimentos e emoções, outra para a lógica e razão e outra ainda para a imaginação, desejos, vontades e sonhos. Esta é a área da liberdade. Tudo o resto prende-nos a algo,  seja ele lógica ou emoção. Somos animais presos por grilhões criados por nós mesmos numa busca incessante de nos distanciarmos da nossa natureza selvagem e do estatuto preconceituoso de animais.

Queremos tanto ser civilizados e categorizados prepotentemente como humanos que abdicamos de ser livres. Somos escravos de nós mesmos e das convenções sociais e espaciais por nós inventadas, resumindo, estúpidos num todo. Sim. Acima de tudo, estúpidos e devoluídos. Parabéns Homem, é por isso que vivemos com palavras e definições tão valorizadas como feliz e infeliz, ao invés de uma unidade normal natural e livre.
 
 

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Um Anjo da Guarda de James Patterson - Topseller

Editora: Topseller
ISBN: 9789898626905
1ª EDIÇÃO: Novembro de 2014
EDIÇÃO ATUAL: 1ª
PÁGINAS: 304
APRESENTAÇÃO: Capa mole

Sinopse
Será o nosso coração capaz de amar para além do mundo real?

Michael era o amigo imaginário de Jane, que a acompanhava, guiava e protegia quando ela, ainda criança, se sentia sozinha. Apesar de a mãe ser uma bem-sucedida produtora da Broadway e do ambiente glamoroso que a rodeava, Jane não era uma menina feliz. Michael e Jane eram os melhores amigos mas, quando ela fez 9 anos, o seu amigo imaginário teve de partir.

Vinte e três anos mais tarde, Jane é uma dramaturga de sucesso, trabalha na produtora da mãe e tem um namorado atraente e encantador. No entanto, ela continua infeliz e sem conseguir esquecer Michael. Até que, inesperadamente, volta a vê-lo. Teria Michael afinal sido sempre real?

Uma história de amor mágica e comovente, com uma reviravolta emocionante, que nos faz acreditar no poder do amor verdadeiro.

A minha leitura

Sei que vai parecer sacrilégio para os fãs de Patterson mas este foi o primeiro livro que leio deste autor imensamente creditado e com um longo currículo de bons livros.

Não sei bem o porquê de ser o primeiro, mas fico feliz por ter sido Um Anjo da Guarda a apresentar-me ao estilo de escrita e voz literária de James Patterson. Gostei muito da forma simples e fluída com que nos demonstra as suas personagens, sem encher espaços com conteúdo vazio que, na realidade, nem recordamos quando revivemos o livro.


Em Um Anjo da Guarda, temos a historia de uma filha de Hollywood. Mais uma criança que cresce por si só, sendo incapaz de ser tão valorizada como a fama e carreira da sua mãe distante e altiva (antiga actriz e actual produtora de filmes e peças de teatro famosa). Jane poderia ter-se tornado numa criança apagada e infeliz, mas teve a companhia permanente de Michael, o seu melhor amigo… imaginário. E foi essa relação, esse amor puro entre dois amigos, que a ajudou a crescer e desenvolver como uma criança feliz e emocionalmente bem formada… até que no seu aniversário de 9 anos, o seu mundo desmorona. Os amigos imaginários deixam as suas crianças quando as mesmas fazem 9 anos. Pessoalmente nem percebi muito bem o porquê de ser aos 9 anos, mas vamos aceitar obviamente.

Jane sobrevive, mas cresce sem esquecer Michael, ao contrário do que seria o normal. Transforma-se numa jovem empreendedora, profissional e inclusivamente com um namorado. Nunca esqueceu Michael, mas aprendeu a viver apenas com a sua memória. E Michael? Seguiu a sua existência de amigo imaginário de mais crianças, mas também sem nunca se esquecer da sua Jane e dos seus sundaes nas tardes de Domingo.

A historia podia terminar por aqui. Ela famosa, dramaturga de sucesso a trabalhar na empresa da sua mãe, com um namorado e um futuro em desenvolvimento… mas, cruzam-se. Jane e Michael. E agora? Terá sido tudo imaginação ou é o amor capaz de desejos irreais tornarem-se reais?

É uma história de amor. Nada de cansativa, pelo contrário, achei a escrita de Patterson bastante leve e contagiante. Parafraseando o que li de um grande fã deste escritor - “Já sei de antemão que quando pegar num livro dele para ler, será de leitura compulsiva, isto porque a maneira como ele escreve assim o permite.” - concordo e espero voltar a experienciá-lo a noutro livro dele.

Muitíssimo recomendado. Inclusivamente acho que é um livro delicioso para se ler nesta altura de frio. Recomendo juntamente com uma caneca de leite com chocolate e umas fatias douradas com canela, claro está!


Nota: Existe um filme que sinceramente, depois de ter visto o trailler, acho que é mais um daqueles filmes que considerou o livro na criação do filme, mas que não é um filme sobre o livro! Muitas coisas são diferentes. A que mais me irritou honestamente foi que o Michael que era amigo de infância da Jane surge como uma criança no filme, e no livro, é um homem adulto. A sua idade não muda durante o livro. Isto para mim faz muita diferença. Fica apenas o alerta.

Parabéns Topseller, excelente escolha e trabalho feito na edição! 
    

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Tudo, Tudo... e Nós de Nicola Yoon - Editorial Presença


Colecção: Ficção Juvenil
Data 1ª Edição: 08/09/2016
Nº de Edição: 1ª
ISBN: 978-972-23-5858-3
Nº de Páginas: 320

Sinopse
Madeline Whittier observa o mundo pela janela. Tem uma doença rara que a impede de sair de casa. Apesar disso, Maddy leva uma vida tranquila na companhia da mãe e da sua enfermeira - até ao dia em que Olly, um rapaz vestido de preto, se muda para a casa ao lado e os seus olhares se cruzam pela primeira vez.

De repente, torna-se impossível para Maddy voltar à velha rotina e ignorar o fascínio do exterior - mesmo que isso ponha a sua vida em risco.

Nicola Yoon escreveu um livro comovente com uma mensagem para leitores de todas as idades. Tudo, Tudo… e Nós foi considerado um dos melhores livros do ano pela Amazon, B%N Teen BLog, Hudson Booksellers, The Miami Herald e School Library Journal.

«A minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode desencadear uma série de alergias. Não saio de casa, nunca saí em toda minha vida. As únicas pessoas com quem convivo são minha mãe e minha enfermeira.

Eu estava acostumada com a minha vida até ao dia em que ele chegou. Pela janela vejo o camião de mudanças, e ali está ele. É alto, magro e está vestido de preto da cabeça aos pés. Os seus olhos são de um azul como o oceano. Ele vê que o estou a observar. Descubro depois que seu nome é Olly.

Talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar por Olly. E é quase certo que será um desastre.»

A minha leitura

Admito que quando peguei no Tudo, Tudo… e Nós, o meu pensamento foi “é um bom livro para limpar o palato literário entre livros masi emocionais, e é lindíssimo!”

A Editorial Presença nunca desilude com as suas apostas em bons autores, sejam eles já consagrados e conhecidos ou mais ocultos e recentes. Nicola Yoon é, pelo menos para mim, prova certa disso!
Parece fútil e “coisa de gaija” começar por elogiar o seu aspecto, mas adorei a escolha de capa e contra capa. Este livro podia ser um caderno em branco que seria na mesma o caderno em branco mais bonito que vi este ano! Repito: lindíssimo!


E agora que falei do exterior, vamos passar ao interior…

Pois… eu achava que seria um bom livro para limpar a mente entre livros mais intensos. Uma espécie de amuse bouche literária. Mais uma vez cai redonda na minha assunção. Nota mental: não julgar um livro pela capa (por melhor ou pior que seja) e muito menos pela sinopse. Admito que quando soube que pertencia à colecção de ficção juvenil, imaginei que seria algo ligeiro, orientado para o romance adolescente e um pote de “não me compreendo, ninguém me compreende e bla bla”… mas Madeline Whittier, ou a Maddy do Olly, é muito mais e além disto.

Este livro mostra-nos a mente de uma pessoa que não teve a oportunidade de viver a sua vida. Ela existe viva, mas não vive a vida na realidade. E aceita-lo. E este facto é o que mais me influenciou e mudou o pensamento ao ler Tudo, Tudo… e Nós. Madeline vê o mundo que lhe é permitido e aceita-lo, tentando inclusivamente não ver além dos limites que lhe são impostos, assumindo uma decisão sábia além dos seus poucos anos: a de não desejar o que não se pode ter.

E ainda que a sua existência seja uma eterna rotina de cuidados e vivências repetitivas e neutras… tudo corria bem. Até que Olly e a sua família mudam-se para a casa do lado. E tudo muda.
Muda a sua mente. Muda a sua capacidade de controlar o que é e o que poderia ser. Abre-se o seu coração e o seu espírito, que pela primeira vez, quer ser livre e ter mais do que a sua redoma de segurança lhe permite.

Passo a passo descobrimos junto com a Maddy que o nada é imensamente mais fácil de existir do que o tudo.

E este livro é tanto uma viagem de conhecimento como de descoberta. Tanto de carinho, como de revolta. E até, literalmente, chegarmos à última folha: uma total surpresa e descoberta.

É uma aventura que convido a embarcarem. Li em 2 dias, mas feitas as contas, foi em 1h30 na realidade.

No fim fiquei com aquela vontade de querer mais, mas ao mesmo tempo, senti que a continuação, o futuro, será positivo e que venha o que vier, ser-lhe-á feliz.

Nicola Yoon escreve de forma tão fluida e simples que permite criar uma ideia bem construída das suas personagens e sinceramente, adoraria ver este livro em filme, pois a historia e a sua construção bem o merecem!

Nota: a forma como as mentes de Maddy e Olly são apresentadas: fantástico! Adorei conhecer a Nicola e o seu esposo David Yoon - é o autor das ilustrações de Tudo, Tudo… e Nós. Deixo-vos alguns exemplares abaixo.


Deixo-vos algumas imagens da família Yoon.


Nicola e o seu marido David Yoon


A lindíssima família: David, Nicola e Penny Yoon

Obrigada Carla! Tens um dedo mágico em tudo o que me recomendas!

Obrigada Editorial Presença
  

Antes de Eu Partir de Paul Kalanithi - Saída de Emergência



Chancela: Saída de Emergência
Data 1ª Edição: 22/04/2016
ISBN: 9789896379414
Nº de Páginas: 224
Encadernação: Capa Mole

Sinopse
Aos 36 anos, ao terminar uma década de formação como neurocirurgião, Paul Kalanithi foi diagnosticado com um cancro inoperável no pulmão. Num dia era um médico que dava esperança aos que lutavam pela vida, no seguinte passou a ser um paciente que tentava sobreviver.

Antes de Eu Partir conta-nos a transformação de Kalanithi, que passou de estudante de Medicina em busca do sentido da vida a neurocirurgião respeitado pelos seus pares. Até que, numa estranha ironia de vida, se viu no papel de paciente e pai de um recém-nascido. Ao enfrentar a sua própria mortalidade, não pôde deixar de se interrogar: o que nos faz querer viver? O que fazemos quando a vida é interrompida de forma tão abrupta? O que significa ser pai quando a nossa própria vida está a fugir?


A minha leitura

Paul Kalanithi faleceu enquanto escrevia este livro profundamente comovente, contudo, o seu amor pela literatura e medicina levou-o a partilhar as suas maiores inseguranças e receios. Partiu demasiado cedo, mas não sem antes nos deixar este testemunho pessoal e extraordinário sobre a condição humana.

Começar este review a dizer que este é um dos livros mais bonitos, a nível emocional, que já li nos últimos anos, é pouco.

Poderia ter terminado a leitura em 2 dias ou menos, mas como só tenho 15 minutos no máximo para ler de manhã no corre-corre para ir trabalhar, tive um problema em terminá-lo.
Não foi falta de tempo, vontade ou disponibilidade. Foi vergonha de ser vista em público, que nem uma louca, a chorar baba e ranho. Sim. Sabem aquelas lágrimas grandes e descontroladas?
Foram as que senti assim que passei o prólogo. Já agora, considerei ser uma parte que destoa completamente do resto de energia, ritmo e emoção do livro. Quando voltar a reler este livro, saltá-lo-ei.

Não é um livro deprimente, desolador ou sequer um adeus amargo de alguém. Pelo contrário. Se despontou em mim um poço de emoções, foi pela honra e nobreza de espírito e mente de Paul Kalanithi perante tudo.

Nunca lutou contrariado, da mesma forma que não cedeu perante a notícia da sua fatalidade inerente. Li uma frase que concordo completamente transmitir a mensagem deste livro: “Dar sentido à vida, mesmo quando o tempo é pouco, é o testemunho que fica do livro de Paul Kalanithi”.

Seriam vocês capazes? De no momento final, nos momentos em que vos dizem que não existe fuga ou luta, apenas aceitação e passagem… conseguirão ter a mesma coragem e visão que ele?
Eu não sei. Talvez não. Mas sei que foi o espírito dele e a sua mente que me levaram a ler meio capitulo por dia, de fuga, de óculos escuros e lenços por perto.

Um eterno agradecimento à Saída de Emergência por me permitir conhecer esta obra.

Uma gratidão imensa a Paul e à sua mulher Lucy que cumpriu o seu desejo final e completou o livro que, ao mesmo tempo que nos presenteia a pessoa que Paul se transmorfou no fim da sua viagem eterna, permitiu-nos poder descobri-lo e descobrir um pouco de cada um de nós durante esse processo. E à sua filhota Cady, um enorme respeito pelo pai incrível que teve, ainda que a vida lho tenha roubado tão cedo, ele deixou-lhe este testemunho de puro amor e coragem.

A vida não é uma viagem com demasiados altos e baixos. Há que compreendê-los e tirar o melhor de cada um, sem ceder e sem lutar interminavelmente contra os piores. Coragem, Equilíbrio e Amor, são as palavras que ficaram comigo depois de ler Antes de Eu Partir.

Mais do que recomendadíssimo.

Deixo-vos algumas fotos que encontrei e as quais fazem-me recordar tudo o que li e a emoção retorna…


Antes do véu da doença...


Um momento de pura felicidade para ambos


A lua de mel deles foi na Ilha da Madeira e planeavam voltar para festejar passados 20 anos 


O homem, a mente, o neurocirurgião notável.

E depois, já encobertos pela doença final, mas ainda positivos com o sinal de vitória da Vida, a filha de ambos Cady


Cansado, doente, mas feliz


Memórias que lhe deixou, que nunca poderão ser roubadas


...puro amor...


Nota: ler com lenços por perto!

sábado, 8 de outubro de 2016

Vencedores dos Passatempos de Setembro

Finalmente!!!

Tive que enviar email a reclamar e finalmente ontem a meio da tarde consegui começar a selecionar os vencedores.

Demorei ainda um pouco pois ainda eram alguns e como, infelizmente, acontece sempre, algumas pessoas não perceberam como deveriam de fazer ou então decidiram que algumas das opções obrigatórias de cumprir eram apenas uma ideia mitológica e não uma realidade… pois para elas o premio que poderiam ter ganho tornou-se mitológico ;)

Vou colocar a lista completa dos vencedores e em cada um dos passatempos, cada um dos respectivos formulários do rafflecopter já indica os nomes também. Refiro desde já que a selecção de que prémio competia a que vencedor foi completamente aleatória e atribuída pela ordem em que cada livro foi colocado em cada passatempo e à medida que os vencedores foram sendo selecionados.



Segue a lista dos Vencedores
Muitos parabéns a todos!


Passatempo 3 para 3 com a Editorial Presença
Liquidator, de Andy Mulligan  -  Joana Bento
Tudo, Tudo... e Nós, de Nicola Yoon - Ana Rodrigues
Surpreendente!, de Mauricio Gomyde - Rita Lopes


Passatempo 3 para 3 com a Edições Saída de Emergência
Antes de Eu Partir de Paul Kalanithi  -  Rui Alves
Nunca Perdoar, Nunca Esquecer de Chelsea Cain - Sónia Dias
As Gémeas de Saskia Sarginson - Marilina Fernandes


Passatempo 3 para 3 com a Chiado Editora
Histórias Verídicas com Pessoas e Espíritos de Eduardo Guerreiro - Cláudia Madeira
Entre os Diferentes de R. C. Lyra - Dália Antunes
Contos de Verdade – Já Percebeste que Não te Contaram a Verdade? de Marta Cóias - Mia Livros


Passatempo 3 para 3 com a Editora Babel
Contos da Meia-Noite da Nora Roberts - Joana Almeida
Era uma vez uma Estrela da Nora Roberts - Filomena Rodrigues
Era uma vez um Castelo da Nora Roberts - Andreia Sousa


Passatempo 3 para 3 com a Fruut
Cabaz com  5 embalagens de 60g (vermelho, verde, fuji, canela e abacaxi) +- 2 embalagens da novidade Fruut Surf 20g
- Susana Gomes
- Carina Pereira
- Ana Machado


Passatempo de Setembro com a Topseller
Um anjo da guarda de James Patterson - Ana Paula Sousa


Muitos parabéns!!!

Quero mais uma vez e sem parecer chata ou algo do género, agradecer a todos as mensagens, palavras, gestos e até a paciência em forma de carinho.
Espero ser e tornar-me sempre merecedora da vossa confiança e companhia e prometo tornar-me aos poucos mais presente, sempre sem me tornar um espantalho incomodativo : )

Todos os vencedores receberão ou já teram mesmo recebido uma mensagem minha e espero pelo envio dos dados (nome e morada) de cada um durante as próximas 48h para que eu possa enviar aos respectivos parceiros e os vossos prémios vos sejam entregues. Sei que digo que são apenas 48h, mas respeitarei quem se atrasar por um pouco pois sei bem o que são imprevistos nesta vida : )

A quem desta vez não foi contemplado, fica a minha mensagem: “não desistam nem fiquem tristes!”
Já sabem que por aqui há sempre novidades que vão surgindo, por isso fiquem atentos : )


Um beijo enorme e um bom fim de Verão e inicio de Outono (a minha estação favorita!)
 

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Atraso no resultado dos passatempos

Quero primeiro agradecer a todos os que ofereceram o seu tempo e interesse neste lote de passatempos para celebrar um momento que foi meu e o qual desejei tornar vosso de uma forma positiva.

Segundo quero pedir desculpa por ainda não terem saído os resultados, mas o site do rafflecopter tem dado erro ao seleccionar os vencedores, bloqueia e anda a dar-me uma valente dor de cabeça.

Prometo que sem falta até sábado sortearei todos os vencedores, nem que tenha que exportar a lista dos participantes uma a uma para Excel e sortear aleatoriamente através do random.org.


Mais uma vez muito obrigada : )

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Passatempo de Setembro com a Topseller!

E o último (será!?) Passatempo deste Setembro de Passatempos será com a intensidade da Topseller e temos 1 livro para oferecer a um sortudo vencedor por isso apliquem-se a fundo neste : )


Prémio 
Um anjo da guarda de James Patterson


Regras:

Obrigatórias:



Pontos opcionais (aonde conseguem acumular pontos):

  • Ser seguidor pelo Instagram: @taniamac
  • Ser seguidor pelo Twitter: @taniadmac
  • Ser seguidor pelo Google+: +TaniaMac
  • Ser seguidor pelo Pinterest: Tania Mac
  • Deixar um comentário num post (qualquer um) do blog 

    Preencham tudo correctamente no aplicativo do rafflecopter como sempre:


    • Começa: 00:00 do dia 12-09-2016
    • Termina: 00:00 do dia 08-10-2016
    • O vencedor será sorteado nas 24h seguintes e se tiver cumprido todos os campos, contactado e terá 48h para me enviar os seus dados..
    • O Envio será feito à responsabilidade da editora, apenas participações nacionais, não se responsabilizando por extravios causados por moradas incorrectas ou ausência de levantamento/recepção da encomenda.



    O meu grande obrigada à Topseller por contribuir para um fecho em espectacular para este mês já cheio de magia e felicidade : ) são a cereja no topo de um bolo grande e delicioso! Muito obrigada!

    Boa sorte a todos!
    Partilhem visitem participem e sejam felizes!

           
    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...